Quinta, 28 de Maio de 2020
51 98419-1295
Política Ministério da Saúde

"A vida é feita de escolhas e hoje eu escolhi sair", diz Nelson Teich sobre deixar o governo

Ex-ministro falou à imprensa após exoneração do Ministério da Saúde.

15/05/2020 17h38
410
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Correio do Povo
Teich assumiu Ministério da Saúde no dia 17 de abril | Foto: Evaristo Sa / AFP / CP
Teich assumiu Ministério da Saúde no dia 17 de abril | Foto: Evaristo Sa / AFP / CP

"A vida é feita de escolhas e hoje eu escolhi sair", declarou Nelson Teich em um breve pronunciamento sobre a sua saída do Ministério da Saúde, na tarde desta sexta-feira. O ex-ministro não explicou os motivos que o levaram a pedir a exoneração do cargo, mas agradeceu a sua equipe com quem trabalhou durante este período.

"Não é uma coisa simples estar à frente do ministério em um período como este. A gente deu foco total a Covid-19. Deixo um plano pronto para auxiliar os secretários municipais, estaduais e governadores para tentar entender o que está acontecendo", disse Teich, que permaneceu no comando da pasta por menos de um mês.

Entre as medidas de auxílio, ele destacou a construção de um programa de testagem em massa “pronto para ser implementado” no Brasil. “Isso é fundamental para definir estratégias e ações. Iniciamos as visitar em cidades mais atingidas e entender o que acontece no dia a dia, na ponta”, pontuou Teich.

O oncologista ainda agradeceu aos profissionais de saúde que estão na linha de frente no combate contra o coronavírus. "Você se impressiona com a dedicação, estão ali correndo risco. É uma coisa espetacular." 

Sobre o presidente Jair Bolsonaro, Teich agradeceu a oportunidade de assumir o Ministério da Saúde. "Era importante atuar pelo Ministério da Saúde e pelo SUS. Eu sou uma pessoa formada graças ao sistema de ensino público. O mais importante é que eu não aceitei o convite pelo cargo, mas aceitei porque achei que pudesse ajudar o Brasil, ajudar as pessoas", concluiu. 

Pazuello ou Terra 

De acordo com fontes, o secretário executivo da pasta, general Eduardo Pazuello, foi convidado para substituir Teich. Ele assumirá a Pasta interinamente. O ex-ministro da Cidadania, Osmar Terra também é cotado, mas depende da resposta de Pazuello ao convite. Nesta sexta, o presidente Jair Bolsonaro se encontrou com a médica imunologista e oncologista Nise Yamaguchi no Palácio do Planalto. 

Quer fazer parte do grupo do Portal Acontece no RS no WhatsApp? CLIQUE AQUI para entrar no grupo!

Assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de todo o Rio Grande do Sul.

 

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.