Segunda, 10 de Agosto de 2020
51 98419-1295
Geral Porto Alegre

Preço do material escolar tem variação média de 165% na Capital

Procon da Capital realizou pesquisa de preço em quatro lojas.

15/01/2020 12h36
263
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Rádio Guaíba
Foto: Prefeitura de Porto Alegre./Divulgação.
Foto: Prefeitura de Porto Alegre./Divulgação.

O Procon de Porto Alegre recomenda que os pais e responsáveis façam um levantamento detalhado de preços antes de adquirir o material escolar deste ano. Uma pesquisa conferiu os valores de 34 itens escolares em uma amostra de quatro estabelecimentos da Capital. Na média, os produtos mais caros têm preço 165% maior do que os mais baratos. Em alguns itens, como a fita crepe, a borracha verde comum e a régua plástica de 15cm, a diferença chega a ser mais de cinco vezes. A maior é no apontador plástico com depósito: em uma loja, o produto chega a custar 567% mais do que em outra.

“Pesquisar preços é saudável para a economia do consumidor e dos comércios também. Importante observar, pois alguns itens podem custar o dobro ou até mais, conforme o local”, indica a diretora executiva do Procon, Fernanda Borges. Ela explica que muitas famílias têm o orçamento impactado pelos gastos de final de ano, o que pode dificultar a aquisição do material escolar. “Além disso, as famílias devem estar atentas para evitar custos desnecessários. A escola não pode exigir produtos com marcas específicas, por exemplo. Além disso, itens de uso coletivo não devem constar na lista”, informa Fernanda.

Confira as dicas Procon Porto Alegre para economizar com material escolar:

– Reaproveitar o que for possível do material utilizado no ano anterior;
– Investir na qualidade e durabilidade dos artigos;
– Optar por livros usados;
– Na hora da compra, deixar as crianças em casa;
– Priorizar itens simples, sem personagens ou marcas licenciadas.

Licitação para feira do material escolar 2020:

A Prefeitura da Capital divulgou na semana passada o edital para a realização da Feira do Material Escolar de 2020. A licitação será na modalidade pregão eletrônico e dará ao vencedor o direito de realizar o evento na Praça da Alfândega, em uma área de 600 metros quadrados na avenida Sepúlveda Pertence – localizada entre as ruas Sete de Setembro e Siqueira Campos, no Centro Histórico.

Em 2019, a Feira do Material Escolar foi cancelada em Porto Alegre. Não houve nenhuma empresa interessada em participar dos dois pregões realizados pela prefeitura.

O edital deste ano não prevê uma data exata para a realização do evento, mas determina que ocorra entre os meses de janeiro e março de 2020. Consta, ainda, que a empresa vencedora deverá oferecer dois tipos de cestas básicas de materiais com descontos de, no mínimo, 30% sobre o valor médio de mercado. Além das cestas básicas, poderão ser vendidos artigos de papelaria, mochilas, estojos, material de escritório, entre outros, em um espaço nobre da cidade.

As empresas interessadas em realizar a feira devem se cadastrar por meio do Portal de Compras Públicas. A abertura das propostas deve ocorrer no mesmo portal no próximo dia 22 de janeiro.

Quer fazer parte do grupo do portal Acontece no RS no WhatsApp? CLIQUE AQUI para entrar no grupo!

Curta também nossa página no Facebook, assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de todo o Rio Grande do Sul.

Acontece no RS no Facebook: https://www.facebook.com/acontecenors

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.