Grêmio

Grêmio vence o Palmeiras, garante Libertadores e título do Flamengo

Com o resultado, o Tricolor não pode mais ser alcançado pelo Goiás, nono colocado.

24/11/2019 21h26
Por: Redação Acontece no RS
Fonte: Correio do Povo
60
Grêmio venceu com gol de Pepê aos 48 minutos do segundo tempo e ajudou o Flamengo a ser campeão Brasileiro 2019 | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP
Grêmio venceu com gol de Pepê aos 48 minutos do segundo tempo e ajudou o Flamengo a ser campeão Brasileiro 2019 | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

O Grêmio venceu o Palmeiras, por 2 a 1, na tarde deste domingo, no Allianz Parque, em São Paulo, e assegurou a presença na Libertadores 2020. Os gols foram de Everton, de pênalti, e de Pepê, ambos na segunda etapa. O resultado leva o Tricolor a 59 pontos. Desta forma, não pode ser alcançado pelo Goiás, que venceu o Bahia e chegou aos 46. Restando 12 pontos em disputa, os goianos chegariam no máximo a 58.

Com o resultado, o Flamengo conquistou o título do Brasileirão. Os cariocas têm 81 pontos e não podem mais ser alcançado pelos paulistas, que até poderiam somar 80 pontos, com os 12 em disputa.

O primeiro tempo foi de superioridade das defesas sobre os ataques, com nenhuma chance clara de gol. Na etapa final, o Tricolor abriu o placar em cobrança de pênalti de Everton. O alviverde empatou com Bruno Henrique em uma penalidade máxima.

Na próxima quarta-feira, às 21h30min, o Grêmio vai até a Arena da Baixada enfrentar o Athletico-PR. Na quinta, no Maracanã, às 19h30min, o Palmeiras enfrentará o Fluminense.

Primeiro tempo de superioridade das defesas

Necessitando de vitória para tentar evitar o título do Flamengo e seguir sonhando em ultrapassar os cariocas, o Palmeiras partiu para o ataque desde o apito inicial de Wilton Sampaio. Logo a quatro minutos, Dudu cruzou da direita de ataque, Geromel falhou, deixando a bola passar por baixo das suas pernas, e ela ficou com Borja. O atacante teve dificuldade para dominar a bola, girar e bater. Quando conseguiu chutar, a esférica saiu alto.

Após o lance, os paulistas seguiram pressionando, em especial, com Dudu pela lateral direita. O atacante chegou a trocar de lado, mas não conseguiu repetir o desempenho na esquerda. Já o Tricolor, com muitos erros de passes e dificuldades para furar o bloqueio defensivo do Palmeiras, optou por tentar contra-atacar. A partir dos 35 minutos, passou a ter mais presença ofensiva, mas sem conseguir criar chances claras. Sem oportunidades, o primeiro tempo terminou em 0 a 0, placar que dava o título para o Flamengo.

Grêmio abre o placar, mas sofre gol de empate

Na segunda etapa, o Grêmio e Palmeiras voltaram com posturas diferentes, mas ainda sem conseguir criar oportunidades claras. Os comandados de Mano Menezes passaram a esperar o Tricolor em seu campo. Os gremistas aproveitaram os espaços para tentar chegar até a meta de Weverton.

Sem conseguir a imposição que desejava, Renato Portaluppi retirou Luciano e colocou Pepê. Aos 23, Everton invadiu a área e foi derrubado por Gustavo Gómez. Um minuto depois, na cobrança, o atacante bateu rasteiro no canto inferior direito da meta do Palmeiras e abriu o placar. Grêmio 1 a 0.

Logo após o gol, Renato retirou Maicon e colocou Michel. O Palmeiras partiu para cima e pressionou o Grêmio. Aos 38, Wilton Sampaio marcou o pênalti, após Dudu esperar o contato de Cortez e cair. Na cobrança, Bruno Henrique cobrou no canto inferior esquerdo de Paulo Victor, que saltou para o direito. Palmeiras 1 a 1 Grêmio.

Aos 45, Paulo Victor salvou o Tricolor de uma derrota. Diogo Barbosa fez excelente passe para Lucas Lima na grande área. O meia girou, bateu forte e o goleiro espalmou a bola. Três minutos depois, Michel deu excelente passe para dentro da área, pela esquerda de ataque, para Pepê. O atacante viu a saída de Weverton e tocou por cima para marcar o gol que sacramentou o resultado.

Brasileirão 2019 - 34ª Rodada

Palmeiras 1
Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez (Ramires), Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Lucas Lima; Dudu, Zé Rafael (Willian) e Borja (Luiz Adriano)
Técnico: Mano Menezes.

Grêmio 2
Paulo Victor; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon (Michel), Matheus Henrique, Alisson, Luciano (Pepê) e Everton; Diego Tardelli (Patrick).
Técnico: Renato Portaluppi.

Gols: Everton (24min/2ºT) e Pepê (48min/2ºT) & Bruno Henrique (38min/2ºT)
Cartões amarelos: Pepê, Matheus Henrique e Tardelli (G) & Thiago Santos e Dudu (P)
Árbitro: Wilton Sampaio
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.