Terça, 07 de Dezembro de 2021
Polícia Alto Alegre / RS

Homens roubam posto, fazem família refém em Alto Alegre e se rendem após cerco da polícia

A negociação teve momentos de tensão.

05/11/2019 às 10h13 Atualizada em 05/11/2019 às 10h34
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Rádio Planetário
Compartilhe:
Homens roubam posto, fazem família refém em Alto Alegre e se rendem após cerco da polícia

Na manhã desta segunda-feira, 04, pelo menos seis homens roubaram um posto de combustíveis em Ibirubá. Na fuga, eles fugiram por Quinze de Novembro, passando por dentro de uma estrada de chão e chegaram em Alto Alegre, onde três deles fizeram a família de Ivo Morgan como refém, se entregando após 3 horas de cerco da Polícia, que mobilizou 50 policiais  militares de Alto Alegre, Campos Borges, Carazinho, Soledade, Mormaço, Quinze de Novembro e Batalhão de Choque, na ação, além da Polícia Civil de Espumoso e os delegados de Tapera, Marcus Muniz Veloso e de Ibirubá, Diná Rosa Aroldi.

O assalto

Tudo começou quando os homens identificados como Jerri Adriano Ufe e Tiago Henrique Kemmerich da Costa, foragidos do presídio de Carazinho,  Leonardo Boeher da Rosa e Fernando Ferreira Torres, sendo este preso após trocar tiros com os policiais, assaltaram o posto de Combustíveis da Cotribá em Ibirubá. A Brigada Militar foi acionada e eles fugiram do local, quando passaram por Quinze de Novembro, por uma estrada de terra que acessa Alto Alegre e foram até o centro da cidade, por volta das 10 horas, quando Ivo Morgan e sua esposa estavam em casa, fazendo-os como reféns.  Um dos ladrões ligou para a Rádio Planetário e pediu a presença da emissora, além da televisão, a fim de preservarem sua integridade física.

Os repórteres Nereu Oliveira e Adriano Lima acompanharam as negociações que foram feitas pelos delegados Marcos Vinícius Veloso, de Tapera e Diná Aroldi, de Ibirubá, além do comandante  da Brigada Militar de Espumoso, tentente Aldair Mendes de Moraes.

A negociação teve momentos de tensão. O assaltante Tiago fazia o contato com os delegados. Muito nervosos, Jerri e Leonardo, ameaçavam a família e colocaram a arma o tempo todo para fora, fazendo menção de atirar nos policiais e nos familiares de Ivo Morgan que estavam na residência.  A pedido dos bandidos, a polícia deixou de cercar a casa a fim de evitar confronto.

Por volta das 12h55min, os assaltantes aceitaram se entregar. O primeiro a sair preso e desarmado foi Leonardo. Jerri atirou a sua pistola 380 no chão e saiu com Ivo Morgan para fora da casa, sendo também, detido. Tiago, também atirou a arma no chão, levou a esposa de Ivo junto e saiu da casa onde estavam.

Com os ladrões, foram apreendidos R$ 21.695 em dinheiro e moedas. Uma pistola 380 roubada em outubro de uma loja de armas de Pejuçara também foi encontrada com eles. Um gol quadrado, com placas de Espumoso e sem registro de roubo também estava com os meliantes.

Jerri Adriano Ufe e Tiago Henrique Kemmerich da Costa, são foragidos do presídio de Carazinho,  Leonardo Boeher da Rosa e Fernando Ferreira Torres, um é de  de Carazinho, mas não estava foragido e outro é de Ibirubá. Outros dois integrantes do bando  fugiram após trocar tiros e estariam no interior de Alto Alegre, possivelmente armados. Os bandidos, acredita a polícia estavam em uma casa em Campos Borges. Na manhã desta terça-feira, eles roubaram uma Fiat Strada placas ILD 0201, de um produtor em Linha Corazza, Alto Alegre

Fonte: Rádio Planetário

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Alto Alegre - RS
Sobre o município Notícias de Alto Alegre - RS