Domingo, 28 de Fevereiro de 2021
51 98419-1295
Geral Porto Alegre

Soldado da Brigada Militar morre enquanto ia de bicicleta para quartel em Porto Alegre

Colegas suspeitam que Charles Muniz, de 35 anos, tenha sofrido um mal súbito na Avenida Bento Gonçalves. Policial fazia trajeto entre Alvorada, onde morava, e a Zona Leste da Capital com frequência.

18/02/2021 21h44
918
Por: Redação Acontece no RS Fonte: G1 RS
Charles Muniz, de 35 anos, era natural de Caraá. Prefeitura publicou nota de pesar nas redes sociais. — Foto: Reprodução/Facebook
Charles Muniz, de 35 anos, era natural de Caraá. Prefeitura publicou nota de pesar nas redes sociais. — Foto: Reprodução/Facebook

Um soldado da Brigada Militar morreu enquanto ia para o trabalho de bicicleta na manhã desta quinta-feira (18) em Porto Alegre. O policial Charles Muniz, de 35 anos, seguia de casa, em Alvorada, na Região Metropolitana, para o quartel onde trabalhava, na Zona Leste da Capital.

Colegas do 4º Regimento de Polícia Montada (RPMon) acreditam que o militar tenha sofrido um mal súbito, por volta das 7h da manhã, quando passava pela Avenida Bento Gonçalves, próximo à PUCRS. O Samu foi acionado, mas os socorristas não conseguiram reanimar o soldado.

O regimento procura imagens de câmeras de segurança para confirmar o que aconteceu.

De acordo com a EPTC, o trânsito na Avenida Bento Gonçalves ficou bloqueado para o atendimento da ocorrência, com desvio pelo corredor de ônibus. O fluxo foi liberado na via por volta das 10h30.

Perfil

Segundo o subcomandante do 4º RPMon, major Luiz Felipe Medeiros dos Santos, Charles Muniz atuava na Brigada Militar desde 2009.

“O soldado Charles era uma pessoa muito querida por todos nós. Ele deixa muitos amigos na Brigada”, destacou.

O major ainda lembrou que o soldado frequentemente ia para o quartel, localizado na Avenida Aparício Borges, também na Zona Leste, de bicicleta.

Conforme a Brigada Militar, a família do soldado já foi comunicada do óbito. Muniz era casado, tinha uma filha de um relacionamento anterior e uma enteada.

Ele era natural de Caraá, a 80 km de Porto Alegre. A prefeitura postou uma nota de pesar nas redes sociais. Leia nota completa abaixo.

"Sofremos juntos por essa tragédia, aos familiares queremos que vocês saibam que estaremos aqui para o que precisarem. A dor de perder um filho e irmão é inexplicável".

Nota da prefeitura de Caraá

A Prefeitura Municipal de Caraá presta condolências ao Servidor Evilásio Muniz e a Conselheira Tutelar Fernanda Muniz pela perda do seu familiar Charles Muniz.

Charles era natural de Caraá, tinha 35 anos, atuava na Brigada Militar do 4º Regimento de Polícia Montada, onde completaria 12 anos na corporação em outubro. Deixa seus pais, irmãos, familiares, esposa, filha de 10 anos, e muitos amigos em Caraá.

Sofremos juntos por essa tragédia, aos familiares queremos que vocês saibam que estaremos aqui para o que precisarem. A dor de perder um filho e irmão é inexplicável. Que Deus possa confortar o coração de vocês com muita fé e força para enfrentar este momento.

Um forte abraço dos seus colegas de trabalho e amigos.

Quer fazer parte do grupo do Portal Acontece no RS no WhatsApp? CLIQUE AQUI para entrar no grupo!

Assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de todo o Rio Grande do Sul.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Notícias de Porto Alegre - RS