Domingo, 28 de Fevereiro de 2021
51 98419-1295
Esportes Inter

Inter e Flamengo têm investimentos desiguais fora dos gramados

Colorado gastou R$ 18 milhões em reforços, enquanto o Rubro-Negro investiu R$ 165 milhões.

18/02/2021 13h25
81
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Correio do Povo
Inter e Flamengo têm investimentos desiguais fora dos gramados | Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP
Inter e Flamengo têm investimentos desiguais fora dos gramados | Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

A reta decisiva do Campeonato Brasileiro mostra que dinheiro é importante no futebol, mas não é tudo. Afinal, o Inter, que gastou cerca de R$ 18 milhões em reforços nesta temporada – que começou em janeiro de 2020 – luta pelo título diretamente com o Flamengo, que já tinha o melhor elenco do futebol brasileiro em 2019 e ainda gastou mais R$ 165 milhões em novos jogadores.

Os dois times se enfrentam neste domingo no Maracanã e, ao vencedor, se encaminha a taça de campeão. Segundo o presidente do Inter, Alessandro Barcellos, o grupo colorado, apesar de não ser tão caro quanto o do rival, tem qualidade. “O Flamengo tem mais que o dobro do nosso orçamento. E isso faz diferença. Mas em momento algum a gente se sente inferior. A campanha que estamos fazendo prova isso. O segredo é a concentração, a humildadeeos pés no chão, mas também a grandeza do Inter”, segue o dirigente.

O ex-presidente Fernando Carvalho, que montou os grupos responsáveis pelas maiores conquistas da história colorada, lembra que a temporada é extraordinária e que a pandemia, a paralisação das competições por quatro meses e a ausência de público nos estádios causou um rearranjo de forças no futebol. Além disso, o ex-dirigente observa que o próprio Flamengo deu brechas para o protagonismo de outros clubes não só no Brasileirão, mas também na Copa do Brasil e na Libertadores.

“O Flamengo tem um grupo formado por craques, mas só isso não é capaz de fazer um campeão. É preciso sequência, método e convicção no trabalho. Houve períodos de instabilidade em todos os clubes, mas o Flamengo sentiu mais em alguns momentos importantes. Atravessa uma boa fase agora, mas tomara que seja tarde demais para conquistar o título”, afirma Carvalho.

Ele lembra que outra das vantagens do Inter está na casamata. Abel Braga já provou que sabe enfrentar adversários com poder econômico superior. A final do Mundial de 2006, quando o Inter venceu o Barcelona, então o time mais rico do planeta, é a prova. “O Abel se dá bem nesse tipo de situação”, afirma Carvalho, com a concordância de Barcellos: “O Abel e o grupo de jogadores confiam no próprio trabalho. Isso dá segurança. O bom ambiente se traduz em uma entrega superior em campo”.

Quer fazer parte do grupo do Portal Acontece no RS no WhatsApp? CLIQUE AQUI para entrar no grupo!

Assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de todo o Rio Grande do Sul.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.