Sábado, 16 de Janeiro de 2021
51 98419-1295
Polícia Canoas / RS

Polícia Civil prende homem que provocou a morte do próprio pai, em Canoas

Conforme apontado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o crime aconteceu no bairro Mathias Velho, onde a vítima de 70 anos levou um soco após uma discussão com o filho.

23/11/2020 19h39
273
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Diário de Canoas
Foto: Polícia Civil / Reprodução
Foto: Polícia Civil / Reprodução

O patricídio - matar o próprio pai - é um dos crimes mais antigos da humanidade. Freud dizia estar ligado à obsessão do menino pela figura da mãe. Já o grande escritor russo Fiódor Dostoiévski argumentava que a juventude estava no cerne do problema devido à autoridade que a figura sempre representou perante a família. “Quem nunca teve vontade de matar o próprio pai?”, chegou a escrever. Por não se tratar de um crime comum, sempre que um caso aparece, gera repercussão e revolta. Mesmo que não seja exatamente um patricídio, um caso peculiar de violência veio à tona nesta semana, quando a Polícia Civil divulgou a prisão de um homem de 34 anos, responsável pela morte do próprio pai. A investigação foi conduzida pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Canoas. Otacílio Mendonça Severo, 70 anos, acabou morrendo após um discussão com o filho. O crime aconteceu no dia 13 de outubro. Segundo a polícia, pai e filho estavam em um carro, retornando de uma celebração.

Houve uma discussão. “De repente o pai saiu do carro e o filho foi atrás”, conta o delegado. Robertho Peternelli, que responde pela Homicídios de Canoas. “Ele acertou um soco no pai. A vítima caiu e bateu com a cabeça no meio-fio da calçada.” Severo foi levado até o Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC). Teve o óbito registrado no último dia 25 em virtude do ferimento. “Aconteceu o uso da força excessiva do filho contra o próprio pai. Talvez se não estivesse embriagada, a vítima não tivesse batido a cabeça como aconteceu. Porém, era um idoso e de modo algum merecia um tratamento com tamanha violência”, avalia Peternelli. Inicialmente um crime de “lesão corporal”, o caso se transformou em homicídio após a morte. O autor da agressão é um ex-detento que já respondia por uma tentativa de homicídio cometida contra o próprio irmão. Foi preso vagando por uma praça do Mathias Velho. Roberto

Peternelli chamou de “lamentável” a morte do idoso. “Não se tratava de um ajuste de contas”, frisa. “É triste que relações tão próximas precisem ser resolvidas com violência”, continua. “Hoje há meios para que o diálogo resolva qualquer problema. Não há justificativa para o que aconteceu no Mathias Velho.

Quer fazer parte do grupo do Portal Acontece no RS no WhatsApp? CLIQUE AQUI para entrar no grupo!

Assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de todo o Rio Grande do Sul.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Canoas - RS

Canoas - Rio Grande do Sul

Sobre o município
Notícias de Canoas - RS