Segunda, 19 de Outubro de 2020
51 98419-1295
Brasil Rio de Janeiro

Vendedor morre atingido por botijão de gás lançado pela janela em Copacabana

Polícia alega que homem que lançou botijão do 12º andar tem problemas psiquiátricos.

13/10/2020 09h04
380
Por: Redação Acontece no RS Fonte: AE
Homem que lançou o botijão foi detido pela polícia nesta segunda-feira | Foto: Polícia Militar Rio de Janeiro / Divulgação / CP
Homem que lançou o botijão foi detido pela polícia nesta segunda-feira | Foto: Polícia Militar Rio de Janeiro / Divulgação / CP

Um vendedor que passava pela rua Aires Saldanha, em Copacabana (zona Sul do Rio de Janeiro), na tarde desta segunda-feira, morreu ao ser atingida por um botijão de gás lançado pela janela de um apartamento do 12º andar. A pessoa que lançou o botijão foi detida.

Segundo a Polícia Militar, o episódio aconteceu por volta das 16h, quase na esquina das ruas Aires Saldanha e Djalma Ulrich. As duas ruas foram parcialmente interditadas. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ir ao local, mas os profissionais constataram que a vítima já estava morta.

O acusado de atirar o botijão pela janela é Venílson da Silva Souza, de 33 anos. Segundo a polícia, ele tem problemas psiquiátricos. Durante a tarde, Souza estava no apartamento de um familiar quando sofreu um surto e começou a lançar objetos pela janela. Primeiro jogou parte de um fogão, que não atingiu ninguém. Depois lançou o botijão, acertando o vendedor.

O nome da vítima não havia sido divulgado até as 19h30min, mas já se sabia que era um morador da favela Pavão-Pavãozinho que vendia frutas e era conhecido pelo apelido de Tronco.

Quer fazer parte do grupo do Portal Acontece no RS no WhatsApp? CLIQUE AQUI para entrar no grupo!

Assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de todo o Rio Grande do Sul.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.