Sábado, 24 de Outubro de 2020
51 98419-1295
Polícia Venâncio Aires / RS

Homem é investigado pelo estupro de cinco crianças em Venâncio Aires

Vítimas seriam a irmã de criação e quatro primas, todas com idades entre 6 e 11 anos.

01/10/2020 12h28
274
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Portal Gaz
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Um homem de 21 anos é investigado pelo estupro de cinco crianças em Venâncio Aires. Natural de Porto Alegre e morador do município no Vale do Rio Pardo, ele seria responsável pelo estupro da irmã de criação e de quatro primas, todas com idades entre 6 e 11 anos. Os nomes tanto do suspeito quanto de outras pessoas próximas não foram divulgados pela Polícia Civil para preservar a identidade das vítimas, conforme determina o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Segundo o delegado Vinícius Lourenço de Assunção, titular da Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA) de Venâncio Aires, o homem aproveitava a condição de proximidade familiar com as vítimas para cometer os crimes. “Ele as molestava quando estava a sós com elas, cometendo atos que iam desde lambidas pelo corpo, passada de mãos por órgãos genitais, beijos lascivos, exibição de partes íntimas e sua manipulação, até atos reiterados de conjunção carnal com pelo menos uma das vítimas”, detalhou o delegado.

Segundo o delegado Vinícius Lourenço de Assunção, os fatos são gravíssimos e exigem a adoção de medidas enérgicas, tanto da polícia como do Poder Judiciário. O delegado não descarta a hipótese de que o investigado tenha abusado de outras crianças. As vítimas, tendo em vista as condições de vulnerabilidade, serão ouvidas diretamente no foro local por meio do sistema de depoimento especial.

Assunção esclarece que os depoimentos até então colhidos revelam que o suspeito agiu de forma absolutamente inadequada com as vítimas, aproveitando-se das tenras idades e vulnerabilidades. “Uma das comunicantes, inclusive, é a madrasta do investigado, tendo ela referido em seu depoimento que, no passado, já havia conversado com ele sobre o seu comportamento sexual inapropriado em relação à irmã de criação do suspeito, atualmente com 8 anos de idade”, esclareceu o delegado.

Os depoimentos até então colhidos foram coerentes e verossímeis, de acordo com a Polícia Civil, havendo relatos de investidas sexuais contra duas meninas ao mesmo tempo, além de outros atos reprováveis. As penas somadas, em caso de condenação, podem ultrapassar os 40 anos de reclusão. Conforme o delegado, foi solicitada a prisão temporária do homem e aguarda-se a decisão da Justiça.

Quer fazer parte do grupo do Portal Acontece no RS no WhatsApp? CLIQUE AQUI para entrar no grupo!

Assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de todo o Rio Grande do Sul.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.