Segunda, 16 de Maio de 2022
Agricultura Rio Grande do Sul

Secretaria da Agricultura repassa informações à Fetag sobre ações de apoio ao pequeno produtor em razão da estiagem

A secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti, reuniu-se com o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag-RS), Carlos Joel da Silva, e dirigentes da entidade.

26/01/2022 às 12h05
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Secom Rio Grande do Sul
Compartilhe:
Secretária Silvana recebeu presidente da Fetag-RS e dirigentes da entidade - Foto: Evandro Oliveira / Seapdr
Secretária Silvana recebeu presidente da Fetag-RS e dirigentes da entidade - Foto: Evandro Oliveira / Seapdr

A secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti, reuniu-se com o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag-RS), Carlos Joel da Silva, e dirigentes da entidade para informar ações que o governo do Estado tem tomado para auxiliar os produtores rurais afetados pela estiagem.

Sobre o pedido para que o governo do Estado execute o Avançar na Agropecuária e no Desenvolvimento Rural, a secretária Silvana informou na reunião desta terça-feira (25/1) que toda a dotação orçamentária – R$ 275,9 milhões – já está disponível para operacionalização. Neste momento, a secretaria faz levantamento da demanda por poços e microaçudes que chegou dos municípios – o prazo para envio dos ofícios com os pedidos se encerrou na segunda-feira (24/1).

A previsão é de destinação de até 10 microaçudes e um poço para cada município. No primeiro momento, serão priorizados aqueles com situação de emergência homologada pelo Estado. Até o momento, 358 municípios decretaram situação de emergência por conta da estiagem no Rio Grande do Sul. Desses, 255 tiveram seus decretos homologados pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul e 162 tiveram reconhecimento pela União.

A ideia é que a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) formalize convênios com prefeituras para que cada uma delas faça as licitações que viabilizarão a escavação dos microaçudes. Os projetos técnicos serão feitos por meio da Emater e beneficiarão os agricultores familiares.

Caberá à Seapdr o processo licitatório de 750 poços, torres metálicas e caixas d’água, via Central de Licitações (Celic), vinculada à Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG).

Ainda na reunião, a titular da Agricultura destacou que o governador autorizou estudos de uma proposta de linha de crédito emergencial aos pequenos produtores, que poderá ser contratada no Banrisul, com juro zero.

A secretária Silvana afirmou à Fetag-RS que obteve, em reunião com o governador Eduardo Leite em 5 de janeiro, a manifestação positiva para ampliar de 28% para 100% o subsídio aos produtores que aderirem ao programa Troca-troca de Sementes de Milho. O benefício será estendido àqueles que estiverem em municípios com decretos de emergência homologados pelo Estado.

Também foi informado à Fetag que será atendida toda a demanda apresentada ao programa Sementes Forrageiras, que incentiva o plantio de pastagens, principalmente para atender o gado leiteiro. O aporte de recursos pode chegar a R$ 10 milhões. “As pequenas propriedades rurais têm o nosso apoio e estamos trabalhando para dar uma resposta rápida naquilo que está ao alcance da Secretaria da Agricultura”, disse a secretária Silvana.

De acordo com informe publicado na segunda-feira (24) pela Emater/RS-Ascar, no Estado são 253 mil propriedades atingidas pelos efeitos da estiagem.

Texto: Ascom Seapdr
Edição: Secom