Terça, 14 de Julho de 2020
51 98419-1295
Trânsito Candelária / RS

Acidente mata motorista de caminhão, na ERS-400 em Candelária

Lucca viajava sozinho e era natural de Santa Maria. Ele deixa uma companheira e uma filha de 8 anos.

26/05/2020 16h48 Atualizada há 2 meses
1.002
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Jornal de Candelária/JC
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A segunda viagem do agricultor Eberson Lucca, de 39 anos, conduzindo um caminhão que transportava feijão, terminou de forma trágica. Nesta terça-feira (26), ele foi vítima de um acidente, no quilômetro 15, da ERS-400, pouco depois da Curva das Cobras. O veículo, um truck, desceu o barranco e parou somente 30 metros abaixo. Bombeiros voluntários de Candelária e da corporação mista de Vera Cruz estão trabalhando no resgate do corpo, que está preso às ferragens.

O acidente aconteceu no fim da manhã dessa terça-feira, por volta das 11h30, quando Lucca seguia no sentido Sobradinho/Candelária. Ele partiu de Arroio do Tigre, onde carregou o caminhão com cerca de 15 mil quilos de feijão. Informações preliminares dão conta de que o eixo cardã quebrou e o motorista perdeu o controle, pois vinha em alta velocidade. Na pista, um pouco antes do ponto onde o veículo caiu no precipício, há marcas de arranhão da carroceria.

O impacto do veículo no guarda-rail e na vegetação fez com que o terreno ficasse devastado. Além disso o caminhão capotou e “trocou de ponta”, como se estivesse trafegando no sentido contrário. O Instituto Geral de Perícias, a Polícia Civil, a Brigada Militar e a Polícia Rodoviária estiveram no local, colhendo provas e fazendo o controle e a sinalização do trânsito.

Os bombeiros fizeram rapel no barranco e conseguiram localizar Lucca, já sem vida. As equipes perceberam que, para retirá-lo, seria necessário cortar uma árvore, pois ela estava pressionando a lataria sobre a vítima. Desde as 14h, no entanto, o grupo de resgate está aguardando a chegada de um caminhão guindaste, que deve suspender a traseira do caminhão. A manobra é necessária porque a parte de trás do veículo ainda tem risco de queda. A expectativa é de que até o fim da tarde o corpo seja retirado.

Lucca viajava sozinho e era natural de Santa Maria. Ele deixa uma companheira e uma filha de 8 anos. Antes mesmo da retirada do motorista das ferragens, familiares já estavam no local, acompanhando a situação. Eles ficaram sabendo do acidente quando o sócio de Lucca ligou para o celular dele e uma pessoa que passava pela via atendeu e informou sobre o acidente. A Funerária Madre Teresa será a responsável pelos serviços fúnebres.

Quer fazer parte do grupo do Portal Acontece no RS no WhatsApp? CLIQUE AQUI para entrar no grupo!

Assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de todo o Rio Grande do Sul.

 

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.