Quinta, 05 de Agosto de 2021 14:33
51 98419-1295
Geral Porto Alegre

Encontrado corpo de um dos bombeiros desaparecidos durante incêndio no prédio da SSP

Nesta tarde, 117 pessoas, entre bombeiros militares e técnicos, realizaram os trabalhos de buscas no local.

21/07/2021 21h06
587
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Rádio Guaíba e Correio do Povo
Comandante do 1°BBB, tenente-coronel Eduardo Estevam, comanda as ações de buscas há sete dias | Foto: Alina Souza/CP
Comandante do 1°BBB, tenente-coronel Eduardo Estevam, comanda as ações de buscas há sete dias | Foto: Alina Souza/CP

Após sete dias de buscas, o corpo do 1º tenente Deroci de Almeida da Costa, de 46 anos, foi encontrado. A informação foi confirmada pelo governador do Estado, Eduardo Leite, e pelo vice-governador, Ranolfo Vieira Junior, durante coletiva de imprensa na noite desta quarta-feira, em frente a sede da Secretaria Estadual de Segurança Publica (SSP).

Conforme o chefe do Executivo estadual, o tenente foi encontrado por volta das 18h30. Ele estava desaparecido desde o incêndio que destruiu o prédio onde ficava a sede da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP), há uma semana. Na ocasião, o 2º sargento Lúcio Ubirajara de Freitas Munhós, de 51 anos, também desapareceu em meio aos destroços e ainda não foi localizados.

Desde então, uma megaoperação de resgate, que conta com o auxílio de diversos órgãos e instituições, foi montada com o objetivo de encontrar os militares.

Natural de Rio Grande, o tenente Almeida, com 22 anos de corporação, era casado e deixa dois filhos. Já o sargento Munhós soma 31 anos de atividade,. Natural de Lavras do Sul, ele é casado e pai de uma filha.

Buscas

No início desta noite, o comandante do 1° Batalhão do Corpo de Bombeiros (BBM) de Porto Alegre, tenente-coronel, Eduardo Estavam Rodrigues, havia relatado que as ações de resgate estão cada vez mais próximas do ponto onde os militares podem estar. “Nós chegamos em um núcleo do prédio que era a passagem, corredores, então existe uma alta probabilidade de a gente encontrar os nossos bombeiros militares”, disse o comandante a jornalista em frente ao prédio da SSP.

Durante esta quarta, 117 pessoas, entre bombeiros e técnicos, trabalharam na operação. De acordo com o tenente-coronel, são 8 células das Forças de Resposta Rápida atuando no trabalho de busca e resgate em Estruturas Colapsadas, além de uma célula das equipes de busca e salvamento. Esses dois grupos realizam buscas na área de escombros.

O militar também destacou os trabalhos dos cães farejadores, principalmente a importância das duas equipes que vieram ontem da corporação de Santa Catarina para reforçar as ações.

“As equipes servem como prova e contraprova”, destacou o comandante.

> Receba todas as notícias do Portal Acontece no RS no seu WhatsApp. Clique aqui.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.