Terça, 14 de Julho de 2020
51 98419-1295
Política Porto Alegre

“Não dá nem pra pensar em eleição”, afirma Marchezan

Prefeito de Porto Alegre está em isolamento domiciliar após ter contato com pessoas que testaram positivamente para o coronavírus.

24/03/2020 11h54
224
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Rádio Guaíba
Foto: Eduardo Beleske / PMPA
Foto: Eduardo Beleske / PMPA

O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Jr., afirmou em entrevista à Rádio Guaíba, na manhã desta terça-feira, que “não dá nem pra pensar em eleição” neste momento de pandemia do coronavírus. O chefe do executivo municipal está em quarentena domiciliar preventiva após ter contato com pessoas que testaram positivamente para o Covid-19.

“Não dá nem pra pensar em partido e eleição. Não deu tempo para pensar e não tô conseguindo pensar nisso. Provavelmente teremos, do ponto de vista de alguns partidos, algum tipo de prejuízo. Não tenho posição e eu acho saudável que nós tenhamos eleição a cada dois anos. Acho que eleição é algo saudável para a democracia”, afirma.

Marchezan disse ainda não concordar com eleição unificada. “Eu não sou daqueles que pensa que temos que unificar eleições. Pra mim é muito importante que tenhamos dois períodos eleitorais. Até porque a pauta municipal é muito diferente da pauta nacional. A pauta nacional é macro economia e a municipal é muito gestão. Então eu, particularmente, do ponto de vista de democracia e debate, acho que precisamos ter eleições a cada dois anos”, ressalta.

Sobre o seu estado de saúde, Marchezan informou estar bem, sem apresentar sintomas da doença. Por conta disso, o prefeito não deve, por enquanto, realizar testes. “Tive contato com os presidentes Marcelo Medeiros e Romildo Bolzan, que testaram positivamente. Eu não tenho os sintomas, então não sou indicado para fazer o teste”, afirma.

Em um cenário de desafios, a vida em Porto Alegre se reorganiza com o objetivo de desacelerar a transmissão do novo coronavírus. A publicação de 26 decretos assinados pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior nos últimos oito dias tem por objetivo ampliar o distanciamento social, frear o contágio da doença e diluir a demanda pelas estruturas de saúde para salvar vidas. Os decretos publicados tratam de áreas como transporte público coletivo, educação, comércio de rua e shoppings, agências bancárias, padarias e restaurantes, limpeza urbana, eventos, restrição de funcionamento de equipamentos culturais e áreas condominiais, entre outros. Ainda segundo o prefeito, as medidas se intensificarão ou não à medida que a situação epidemiológica é atualizada.

Quer fazer parte do grupo do Portal Acontece no RS no WhatsApp? CLIQUE AQUI para entrar no grupo!

Curta também nossa página no Facebook, assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de todo o Rio Grande do Sul.

Acontece no RS no Facebook: https://www.facebook.com/acontecenors

 

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.