Quarta, 16 de Junho de 2021 11:19
51 98419-1295
Agricultura Rio Grande do Sul

Pedidos para o Programa Troca-Troca de Sementes são aceitos a partir desta segunda (10)

O Programa Troca-Troca de Sementes de Milho e Sorgo, da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), inicia o recebimento dos pedidos para o ano-safra 2021/2022 nesta segunda-feira (10/5).

10/05/2021 13h40
163
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Secom Rio Grande do Sul
Programa fomenta aquisição de sementes e cultivo de milho (foto) e sorgo para produção de silagem, grão ou alimentação humana - Foto: Fernando Dias/Ascom Seapdr
Programa fomenta aquisição de sementes e cultivo de milho (foto) e sorgo para produção de silagem, grão ou alimentação humana - Foto: Fernando Dias/Ascom Seapdr

O Programa Troca-Troca de Sementes de Milho e Sorgo, da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), inicia o recebimento dos pedidos para o ano-safra 2021/2022 nesta segunda-feira (10/5). Os produtores interessados devem procurar as entidades em seu município (prefeituras municipais, sindicatos, associações ou cooperativas) para efetuar os pedidos.

O objetivo do programa é fomentar a aquisição de sementes e o cultivo de milho e sorgo a serem utilizados na produção de silagem, grão ou alimentação humana em propriedades de agricultores familiares e pecuaristas familiares em todo o Estado.

“O principal benefício para os produtores é a ampla gama de cultivares disponíveis, tanto convencionais como transgênicas, para os diversos tipos de tecnologia de produção, a um preço abaixo do custo de mercado e com um subsídio de 28%”, destaca o coordenador do programa, Jonas Wesz.

Estarão à disposição dos agricultores 24 cultivares de milho híbrido convencional, 18 cultivares de milho híbrido transgênico e nove cultivares de sorgo. Serão 11 empresas que fornecerão 51 cultivares de sementes para que cada produtor possa escolher aquela com as características técnicas mais adequadas ao seu sistema de produção.

Veja aqui quais são as cultivares de milho e sorgo disponíveis para a safra e safrinha 2021/22 e caracterização técnica dos materiais.

Os escritórios municipais da Emater estarão à disposição para orientar os agricultores e as entidades na compra da melhor semente.

Operacionalização

• As entidades devem fazer o pedido para seus agricultores nosite do Feaper.

• No site da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural,na aba relativo ao programa, também constam todas as informações da nova safra.

• Cada agricultor poderá solicitar até quatro sacas de sementes de milho ou sorgo, tanto na etapa da safra como na safrinha.

Período em que o sistema ficará aberto para pedidos:

• Para pedidos de sementes para a safra: de 10 de maio a 28 de maio.
• Para pedidos de sementes para a safrinha: de 31 de maio a 4 de junho.

O sistema ficará aberto por três semanas para pedidos de sementes para a safra e, na sequência, uma semana para os pedidos de sementes para a safrinha.

A entrega efetiva das sementes mantém o calendário normal em que as empresas entregam as sementes da safra nos meses de julho/agosto/setembro e da safrinha em novembro/dezembro. Somente o serviço dos pedidos foi antecipado para melhorar a operacionalização do programa. O pagamento da parcela transgênica também é feito antes da entrega da semente, ou seja, no caso do pedido da safrinha, o pagamento da transgenia será somente no início de novembro conforme, quadro abaixo.

Valores das sementes de milho e sorgo e datas de vencimento para Safra e Safrinha 2021/22 (valores já aplicados o desconto do subsídio de 28% do Estado):

tabela-troca-troca-sementes.jpg
Foto: Reprodução/Secom Rio Grande do Sul

A autorização para execução do programa foi publicada nesta segunda-feira (10/5) no Diário Oficial do Estado. Vejaaqui.

MAIS INFORMAÇÕES

Divisão de Sistemas Produtivos do Departamento de Agricultura Familiar e Agroindústria – Programa Troca-Troca de Sementes de Milho e Sorgo

E-mail:[email protected]
Fone:(51) 3218-3361
Endereço:Av. Praia de Belas, 1.768, 3º andar, sala DSP – Porto Alegre (RS)

Texto: Ascom Seapdr
Edição: Secom

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.