Quinta, 29 de Julho de 2021 09:04
51 98419-1295
Polícia Canoas / RS

Polícia Civil prende sete traficantes nas imediações de escolas em Canoas

Investigação ocorreu no âmbito da operação Anjos da Lei.

24/04/2021 22h47
365
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Correio do Povo
Cocaína, maconha e crack foram apreendidas nos bairros Rio Branco e Guajuviras | Foto: PC / Divulgação / CP
Cocaína, maconha e crack foram apreendidas nos bairros Rio Branco e Guajuviras | Foto: PC / Divulgação / CP

Sete traficantes foram presos de uma só vez em uma vez pela Polícia Civil durante uma ação na Região Metropolitana de Porto Alegre. O balanço da 3ª DP de Canoas, coordenada pelo delegado Rodrigo Caldas, foi divulgado na manhã deste sábado. A ação ocorreu na sexta-feira no âmbito da operação Anjos da Lei, que coíbe o narcotráfico no entorno dos estabelecimentos de ensino.

Com a detenção do grupo, os agentes acreditam que desarticularam um movimentado esquema de tráfico de drogas que ocorria há poucos metros de escolas nos bairros Rio Branco e Guajuviras.

Na investigação, os policiais civis da 3ª DP de Canoas mapearam os locais que funcionavam como pontos de venda de drogas. Após vigilância e monitoramento, a equipe entrou em ação e flagrou os traficantes. Houve a apreensão de cocaína, maconha e crack, além de dinheiro ilícito e telefone celular.

O delegado Rodrigo Caldas avaliou que o trabalho policial “teve especial relevância, pois a repressão ao tráfico de drogas nas proximidades de instituições que por lei devem ser coibidas com mais rigor, possui importante fundamento na maior vulnerabilidade de determinados indivíduos”.

Já o diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM), delegado Mario Souza, destacou que “foi uma atuação cirúrgica no combate à criminalidade”. Segundo ele, a atuação policial “foi fundamental a atuação investigativa na repressão ao tráfico de drogas nas proximidades da área escolar onde crianças em breve devem voltar as aulas”.

> Receba todas as notícias do Portal Acontece no RS no seu WhatsApp. Clique aqui.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.