Domingo, 01 de Agosto de 2021 08:56
51 98419-1295
Polícia Carazinho / RS

Polícia de Carazinho encontra corpo que pode ser de jovem desaparecida

Jovem de 23 anos está desaparecida desde fevereiro. Cadáver estava na casa do suspeito pela morte, enterrado na garagem. Ele está preso desde a semana passada.

23/03/2021 19h35 Atualizada há 4 meses
2.315
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Diário da Manhã
Foto: Eduardo Fluzer | Diário
Foto: Eduardo Fluzer | Diário

A Polícia Civil de Carazinho encontrou na tarde desta terça-feira (23) o corpo de uma mulher que provavelmente seja de Suelen Marins (23), desaparecida desde fevereiro. No fim de semana, policiais chegaram a fazer buscas, sem êxito, em um matagal nas imediações da BR 285, onde o corpo poderia estar.

A delegada Rita Felber de Carli destacou para a reportagem do Grupo Diário da Manhã, que se chegou à localização do corpo depois de uma informação recebida. O cadáver estava enterrado na garagem da residência. O piso havia sido removido e um tapete foi colocado para disfarçar a cova. No local foram encontrados anéis que foram reconhecidos por familiares como sendo de Suelen.

“Temos elementos que indicam que a vítima possa ter sido enforcada, pois encontramos na casa uma corda com um nó que possivelmente foi usada no crime. Também haviam objetos da vítima. Também localizamos o telefone que pode ser da vítima que estava sendo usado por terceiras pessoas. O suspeito nega que conhecia Suelen, mas apuramos que ele teve inclusive um relacionamento com ela”, detalhou a delegada.

O imóvel, localizado No Bairro Princesa, seria do suspeito do crime, que está preso preventivamente. No local estaria residindo a atual companheira dele, que estava lá no momento em que a polícia chegou.

O local está isolado e o IGP é aguardado. Com o trabalho dele será possível confirmar que o corpo é de Suelen Marins e como ela morreu.

Corpo é encontrado enterrado em garagem de casa em Carazinho - RS Agora

Foto: Local onde foi encontrado o corpo

Ainda segunda a delegada, o crime pode ter relação com o tráfico de drogas.

“A vítima seria usuário de drogas e pelo que se apurou devia para o traficante. Esta morte teria sido executada diretamente pelo suspeito que está preso ou a mando de alguém”, declarou.

Jovem de 24 anos está desaparecida desde a última sexta-feira – Portal Plural

Foto: Suelen Marins

Fonte: Diário da Manhã

> Receba todas as notícias do Portal Acontece no RS no seu WhatsApp. Clique aqui.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.