Domingo, 01 de Agosto de 2021 07:30
51 98419-1295
Cidades Vacaria / RS

Comércio de Vacaria isola itens que, segundo o governador, não são essenciais

A população está revoltada com as atitudes tomadas pelo governo, as quais os empresários e comerciantes ficaram de mãos atadas e sem escolhas.

09/03/2021 11h10
545
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Rádio Esmeralda
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Começou a vigorar nesta segunda-feira, 08/03, o decreto 55.782 anunciado na noite da última sexta-feira pelo governador Eduardo Leite.

O novo regramento contém medidas mais rígidas a fim de tentar frear o avanço do coronavírus no momento em que o surto atinge a pior fase no Estado.

O artigo define os produtos essenciais apenas “os bens relacionados à alimentação, à saúde e à higiene”. Os supermercados foram obrigados a isolar e proibidos de vender demais itens.

O presidente da Associação Gaúcha de Supermercados, AGÁS, Antônio acesa Longo, disse que os itens isolados representam apenas 2% do lucro dos mercados e que “não há problemas” em não comercializa-los nesse período.

A população está revoltada com as atitudes tomadas pelo governo, as quais os empresários e comerciantes ficaram de mãos atadas e sem escolhas.

As fotos são em um estabelecimento comercial de Vacaria, o qual foi mantido o anonimato.

> Receba todas as notícias do Portal Acontece no RS no seu WhatsApp. Clique aqui.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.