Terça, 20 de Abril de 2021 01:12
51 98419-1295
Polícia Planalto / RS

Assassina do menino Rafael teria confessado morte do ex-marido

A mulher teria afirmado: "matei sim, esse diabo só me incomodava".

03/03/2021 16h30
1.867
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Rádio Uirapuru
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Alexandra Dougokenski, autora confessa do assassinato do próprio filho, Rafael Winques, de 11 anos, na cidade de Planalto, no ano passado, teria confessado um outro crime ao pai do menino, Rodrigo Winques.

Alexandra é suspeita de ter matado o primeiro marido, José Dougokenski, no ano de 2007.

Após o assassinato do filho, com requintes de crueldade, a família de José, que já desconfiava da mulher, solicitou ao Ministério Público que a investigação fosse desarquivada. Os familiares não acreditam na teoria de suicídio e defendem que Alexandra matou José.

Na ocasião a própria polícia apontou que a causa seria suicídio por enforcamento, porém de acordo com um perito criminal contratado pela família de José, o laudo aponta para asfixia, mas cometida por um terceiro.

A advogada da família de José Dougokenski afirma que há contradições no depoimento de Alexandra sobre a morte em 2007. Citam o fato de que ela disse ter tentado reanimar e socorrer o marido, mas a corda sequer foi tirada do pescoço do homem.

Conforme uma gravação telefônica de uma conversa entre a advogada da família e o pai de Rafael, Rodrigo Winques, durante um diálogo entre os dois, na época em que eram casados, a mulher teria confessado ter matado o primeiro marido.

Winques afirma que perguntou a ex-mulher se ela teria cometido o crime e ela teria relatado que José só a “incomodava, que bebia demais e por isso enforcou ele”. Além disso ela teria afirmado: “matei sim, esse diabo só me incomodava”.

O caso foi reaberto no dia 21 de janeiro e o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul voltará a investigar o caso, podendo pesar mais esse crime sobre Alexandra.

> Receba todas as notícias do Portal Acontece no RS no seu WhatsApp. Clique aqui.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.