Quinta, 19 de Maio de 2022
Polícia POLÍCIA

Operação investiga quadrilha especializada em roubos a revendas de veículos em sete cidades gaúchas

Ao menos dez pessoas foram presas na ação

11/05/2022 às 08h38
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Rádio Guaíba
Compartilhe:
Foto: Polícia Civil / Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quarta-feira a Operação Revenda, com objetivo de combater quadrilha especializada nos roubos de veículos que se encontram à venda em revendas de Porto Alegre. Foram cumpridas 16 ordens judiciais, sendo 8 mandados de prisão temporária e 8 de busca e apreensão, cumpridos nas cidades de Porto Alegre, Alvorada, Viamão, Gravataí, Guaíba, Encruzilhada do Sul e Pareci Novo.

A investigação apura a prática dos crimes de associação criminosa armada, roubos de veículos, porte ilegal de armas de fogo, receptações de carros roubados e adulteração de sinais identificadores. Até o momento, 10 pessoas foram presas, sendo oito temporariamente, um em flagrante por posse de arma de fogo com numeração suprimida e um foragido capturado. Os policiais também apreenderam uma arma, munições e vários celulares.

Investigação

As medidas judiciais cautelares executadas hoje são decorrentes de investigações da Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes de Roubo de Veículos (DRV), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), que se iniciaram há mais de um ano.

A primeira ocorrência que se tem registro data de 26 de novembro de 2020, quando pelo menos quatro homens armados com pistolas adentraram uma revenda localizada na Avenida Sertório, onde, após amarrarem os funcionários, fugiram, subtraindo três veículos automotores (Toyota Corolla, Renaul Duster e Ford Fiesta), além de quantias de dinheiro em espécie, telefones celulares, relógios, notebook, cartões de crédito e demais pertences pessoais das vítimas.

Após esse fato, já no mês de fevereiro de 2021, a mesma quadrilha, utilizando o mesmo modus operandi, entrou em uma revenda no bairro Santana, onde, após amarrarem as vítimas e roubarem dinheiros e diversos pertences, fugiram levando um funcionário como refém. O homem foi liberado minutos depois já na Avenida Assis Brasil.

Por fim, a terceira revenda de automóveis atacada foi na Avenida Assis Brasil no dia 12 de fevereiro de 2021, quando ao menos três homens armados invadiram o local e, após amarrarem os funcionários, fugiram, levando quatro veículos (sendo dois deles modelo Jeep Renegade, uma Fiat Toro e uma Fiat Doblo), além de dinheiros e pertences das vítimas, como celulares, notebooks, relógios, alianças, entre outros.

O montante do prejuízo ocasionado pelos roubos às três revendas (já computados os sete veículos subtraídos, dinheiros em espécie, relógios, celulares, alianças e notebooks) está estimado em, aproximadamente, R$ 700 mil.

Os presos possuem antecedentes de roubos de veículos, receptações de carros roubados, adulteração de sinais veiculares identificadores, tráfico de drogas, homicídio qualificado tentado e porte ilegal de armas de fogo. A operação, que contou com o apoio do Grupo de Roubo de Veículos da Brigada Militar, teve a participação de 70 policiais civis e militares.

> Receba todas as notícias do Portal Acontece no RS no seu WhatsApp. Clique aqui.