Quarta, 02 de Dezembro de 2020
51 98419-1295
Polícia Serra Gaúcha

BM reforça policiamento para conter escalada de violência na Serra

Mobilização policial em Caxias do Sul e cidades vizinhas quer combater guerra de facções.

04/11/2020 11h30
198
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Correio do Povo
Foto: BM / Divulgação / CP
Foto: BM / Divulgação / CP

A Brigada Militar reforçou o policiamento ostensivo e a atuação no combate à criminalidade a partir desta quarta-feira na Serra, sobretudo em Caxias de Sul e cidades vizinhas. O objetivo da mobilização da BM é reprimir e conter a escalada de violência na região. O conflito entre facções criminosas pelo domínio do tráfico de drogas resultou em uma onda de execuções, incluindo até decapitações.

Os efetivos do 3º BPChq e 4º BPChq estão apoiando o Comando Regional de Polícia Ostensiva da Serra (CRPO Serra) e somando-se aos policiais militares dos batalhões regulares da área. Policiais militares realizam barreiras e ocupação de pontos estratégicos, abordagem de veículos e suspeitos, incursões pontuais, entre outras ações.

A Polícia Civil também ampliou a equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Caxias do Sul. Agentes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Porto Alegre foram enviados para a região para intensificar especificamente a elucidação dos assassinatos, identificando os envolvidos. Por sua vez, o Instituto-Geral de Perícias determinou prioridade para os laudos relacionados a crimes de homicídios, o que também vai colaborar para acelerar o trabalho investigativo.

As medidas que visam manter a segurança e reduzir os índices criminais, principalmente em Caxias do Sul, foram definidas durante uma reunião na terça-feira entre o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, e as chefias da Brigada Militar, Polícia Civil e Instituto-Geral de Perícias, além da coordenação do programa RS Seguro. A análise dos indicadores de criminalidade na Serra apontou um aumento de ocorrências no município no mês de outubro.

“Identificamos essa situação atípica e imediatamente passamos a adotar ações de contenção. Tanto que a Brigada Militar enfrentou duas situações de confronto com grupos de criminosos que não se renderam a acabaram mortos. A Polícia Civil também já tem mapeada origem do acirramento desses conflitos e está com investigações avançadas”, afirmou Ranolfo Vieira Júnior.

“Também estamos em contato permanente com a Secretaria de Administração Penitenciária para afinar a troca de informações e eventuais medidas internas no sistema prisional. Esse reforço de agora chega para tranquilizar a comunidade de que manteremos o monitoramento diuturno das ocorrências, adotando reação enérgica para retomarmos a normalidade”, acrescentou o vice-governador e secretário.

Quer fazer parte do grupo do Portal Acontece no RS no WhatsApp? CLIQUE AQUI para entrar no grupo!

Assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de todo o Rio Grande do Sul.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.