Sábado, 05 de Dezembro de 2020
51 98419-1295
Saúde Coronavírus

Governadores pedem apoio a presidentes da Câmara e Senado para compra de vacinas contra Covid

Gestores pediram que ambos abram o diálogo junto ao presidente para que o Ministério da Saúde faça a aquisição da vacinas que mais rapidamente forem liberadas pela Anvisa.

03/11/2020 20h40
262
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Rádio Guaíba
Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini
Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

Diante das recentes polêmicas relacionadas às vacinas contra o novo coronavírus e o discurso do presidente Jair Bolsonaro em relação à Coronavac, governadores buscaram hoje a interlocução dos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado. Os gestores pediram que ambos abram o diálogo junto ao presidente para que o Ministério da Saúde faça a aquisição da vacinas que mais rapidamente forem liberadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anivsa), através do Programa Nacional de Imunizações.

Conforme o governador Eduardo Leite, uma eventual disputa entre os estados pela compra individual das vacinas não favorece a população. “Se não houver uma coordenação nacional entre os estados e os governadores forem estimulados a disputar a vacina, teremos casos semelhantes ao que ocorreu em relação à busca por respiradores”, referindo-se ao sobrepreço e às dificuldades para obtenção dos equipamentos no começo da pandemia.

A polêmica ganhou corpo quando Bolsonaro desautorizou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, após o anúncio da compra de 46 milhões de doses da Coronavac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo. A dose segue em fase de testes no Brasil. No estado governado pelo adversário político de Bolsonaro, João Dória (PSDB), o Butantan é, hoje, o fornecedor de parcela significativa das vacinas que compõem o Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde.

“Não é a vacina do governador Dória, é a vacina de um instituto renomado internacionalmente. Por isso, temos boas expectativas de que esse imbróglio seja resolvido”, ressaltou.

Leite ainda reforçou que assim que a Coronavac ou outro imunizante em avançada fase de testes obtenha autorização para fabricação e comercialização da Anvisa, a União deve “fazer a sua parte”, comprando as doses.

Quer fazer parte do grupo do Portal Acontece no RS no WhatsApp? CLIQUE AQUI para entrar no grupo!

Assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de todo o Rio Grande do Sul.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.