Segunda, 24 de Janeiro de 2022
Esportes Esportes

Paulista Feminino: São Paulo bate Corinthians e abre vantagem na final

Tricolores vencem por 1 a 0 e jogam por empate na quarta-feira (8)

04/12/2021 às 18h45
Por: Redação Acontece no RS Fonte: EBC
Compartilhe:

O São Paulo saiu na frente do Corinthians na decisão do Campeonato Paulista de futebol feminino. Neste sábado (4), as Soberanas venceram o primeiro jogo por 1 a 0, no Morumbi. Bicampeão estadual (1997 e 1999), o tricolor tem a vantagem do empate na partida de volta, que será na quarta-feira (8), às 21h (horário de Brasília), na Arena Barueri, com mando corintiano.

A decisão reúne os times de melhor desempenho no Estadual. O Corinthians chegou à final invicto, com 12 vitórias e um empate. O São Paulo também ganhou 12 vezes, mas sofreu uma derrota, justamente para as alvinegras, por 2 a 1, em 19 de agosto, no Parque São Jorge, pela segunda rodada da primeira fase. O embate reedita a decisão de 2019, vencida pelo Timão, que levou a melhor no Morumbi (1 a 0) e na Neo Química Arena (3 a 0). As Brabas também foram campeãs no ano passado, superando a Ferroviária, e buscam o tricampeonato. Em 2021, elas já levantaram as taças do Brasileiro e da Libertadores.

Apesar de o placar não ser alterado, o primeiro tempo no Morumbi foi bastante agitado. O São Paulo iniciou melhor, apostando na velocidade de Naná e Micaelly pelos lados e na também atacante Gláucia fazendo o pivô e tentando quebrar as linhas de marcação. Na melhor chance tricolor, aos 12 minutos, Naná cruzou pela direita e a meia Jaqueline, quase na pequena área, completou com a bola ainda no ar, rente ao travessão.

Inicialmente acuado no campo de defesa, o Corinthians, aos poucos, aproximou-se da meta são-paulina e passou a comandar a pressão ofensiva. Na oportunidade mais clara, aos 33, a atacante Vic Albuquerque finalizou da entrada da área, com força, e a goleira Carla fez boa defesa, espalmando para escanteio.

Na volta do intervalo, o São Paulo repetiu a postura da primeira etapa, desta vez chegando ao gol. Aos nove minutos, Gláucia lançou Micaelly na área, às costas de Poliana. A atacante encarou a marcação da zagueira, cortou para a direita e abriu o placar. O segundo quase saiu na sequência, após uma saída errada da goleira Kemelly. Gláucia recuperou a bola na entrada da área, mas demorou e foi travada na hora de bater.

O Corinthians avançou as linhas e tentou pressionar o São Paulo, mas com dificuldades para superar a marcação e cedendo espaços para os contra-ataques. Como aos 31 minutos, quando Gláucia e Kemelli dividiram na pequena área e a atacante mandou por cima. O Timão balançou as redes aos 43 com a atacante Gabi Portilho, após cobrança de escanteio de Andressinha, mas a arbitragem deu falta da também meia Gabi Zanotti em Carla, anulando o lance.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.