Segunda, 24 de Janeiro de 2022
Polícia Camaquã / RS

Polícia prende acusados pela morte do camaquense Pablo Nunes

Dupla foi presa acusada de homicídio doloso; eles são acusados de envolvimento na morte do camaquense Pablo Nunes, de 35 anos; relembre o caso.

21/10/2021 às 08h37 Atualizada em 21/10/2021 às 08h45
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Clic Camaquã
Compartilhe:
Foto: Divulgação / Arquivo pessoal
Foto: Divulgação / Arquivo pessoal

Nesta quarta-feira, 20 de outubro, a Polícia Civil deflagrou mais uma etapa da operação “LIARS”, visando a elucidação do delito de Homicídio praticado no dia 20/08/2021. A investigação busca solucionar o homicídio de Pablo Nunes, de 35 anos.

Durante a manhã, a Polícia prendeu dois homens acusados por homicídio doloso. Na oportunidade, Pablo foi alvejado no rosto, vindo a falecer.

A investigação, coordenada pela Delegada Vivian Sander Duarte, logrou identificar os autores do crime, prendendo-os preventivamente.

A ação contou com cinco agentes policiais em duas viaturas.

No começo de outubro, um jovem de 18 anos foi preso, suspeito de envolvimento no crime.

Pablo foi morto por disparo de arma de fogo quando separava uma briga ocorrida junto a uma praça, localizada entre a rua 3 de Outubro, a travessa Porto Alegre e a avenida José Loureiro da Silva.

Com forte ligação com o futebol, a vítima tinha ligação com a equipe do IFAEPA.

Ele também era conhecido como peão laçador, adepto da prática do laço. Pablo deixou esposa e quatro filhos.

> Receba todas as notícias do Portal Acontece no RS no seu WhatsApp. Clique aqui.

O crime

A briga ocorreu na "Pracinha do Alvorada", localizada entre a rua 3 de Outubro, a travessa Porto Alegre e a avenida José Loureiro da Silva.

A Brigada Militar foi acionada e informou que, ao chegar ao ponto da denúncia, não encontrou ninguém.

Segundo a Brigada, populares que estavam no local levaram Pablo ao Pronto Socorro (PS) do Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA). 

Na sequência, a Brigada recebeu a confirmação de que a vítima deu entrada no PS.

Pouco tempo depois, a Brigada recebeu nova informação de que Pablo não havia resistido aos ferimentos, vindo a óbito.

A Polícia Civil segue investigando o caso.

> Receba todas as notícias do Portal Acontece no RS no seu WhatsApp. Clique aqui.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Camaquã - RS
Sobre o município Notícias de Camaquã - RS