Terça, 07 de Julho de 2020
51 98419-1295
Dólar comercial R$ 5,35 0.594%
Euro R$ 6,05 +1.221%
Peso Argentino R$ 0,08 +0.665%
Bitcoin R$ 52.518,59 -0.28%
Bovespa 98.937,16 pontos +2.24%
Economia Auxílio de R$ 600

Governo prorroga auxílio emergencial por mais dois meses

Valor de R$ 600 terá pagamento escalonado.

30/06/2020 18h26
207
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Correio do Povo
Decreto que prorroga o auxílio emergencial foi assinado nesta terça-feira | Foto: PMSL / Divulgação / CP
Decreto que prorroga o auxílio emergencial foi assinado nesta terça-feira | Foto: PMSL / Divulgação / CP

O Governo Federal confirmou nesta terça-feira o pagamento do auxílio emergencial por mais dois meses. O presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto de prorrogação do benefício em cerimônia no Palácio Planalto, que contou com a participação dos presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, além de ministros. 

O valor permanece em R$ 600, mas serão escalonados em três pagamentos no período de dois meses, no que o ministro da Economia, Paulo Guedes, chamou de “pouso inteligente”.

“Essa prorrogação ocorre agora, via decreto. Esperamos que, ao final dela, a economia já esteja reagindo para que nós estejamos voltando à realidade”, afirmou o presidente Jair Bolsonaro. “É o maior projeto social do mundo.”

O benefício, de acordo com o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, chegou a quase 65 milhões de pessoas. O apoio é direcionado a autônomos, informais MEIs e desempregados. Ele definiu o programa como uma “rede de proteção” para o momento de crise durante a pandemia do novo coronavírus.

Guedes destacou que o Brasil gastou em média mais que o dobrou dos outros países emergentes com a pandemia, e 10% a mais que os avançados: “Não podemos ser acusados de omissão”, afirmou ele. “Furamos a primeira onda da saúde e vamos furar a segunda, da economia.”

Quer fazer parte do grupo do Portal Acontece no RS no WhatsApp? CLIQUE AQUI para entrar no grupo!

Assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de todo o Rio Grande do Sul.

 

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.