Terça, 07 de Dezembro de 2021
Geral Rio Grande do Sul

Leilão de veículos retirados da frota do Estado arrecada R$ 1,5 milhão

Leilão de veículos retirados da frota do Estado gerou aos cofres estaduais receita de R$ 1.559.387. O valor supera em mais de 100% o previsto nas duas etapas do processo, compostas por lotes de veículos automotores recuperáveis e irrecuperáveis.

15/10/2021 às 15h40 Atualizada em 15/10/2021 às 15h49
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Secom Rio Grande do Sul
Compartilhe:
-
-

Leilão de veículos retirados da frota do Estado gerou aos cofres estaduais receita de R$ 1.559.387. O valor supera em mais de 100% o previsto nas duas etapas do processo, compostas por lotes de veículos automotores recuperáveis e irrecuperáveis pertencentes a diferentes órgãos da Administração Pública Estadual.

Na licitação, realizada em 28 de setembro por intermédio da Subsecretaria Central de Licitações (Celic), vinculada Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG), os 91 lotes de veículos recuperáveis, com direito à circulação, avaliados inicialmente em R$ 439.752, foram arrematados por R$ 905.987.

Dos 159 lotes de veículos irrecuperáveis, foram arrematados 154 lotes, disputados por Centros de Desmanches de Veículos Automotores, Comércio de Peças Usadas e Reciclagem de Sucata (CDV), e empresas de outros Estados com atividades de desmontagem de veículos automotores terrestres destinados à comercialização. Avaliados em R$ 266.630, os lotes foram arrematados por R$ 653.400.

Para a subsecretária da Celic, Marina Dacroce, “o êxito da licitação está relacionado ao devido planejamento, às avaliações adequadas, ao agrupamento significativo dos bens em um único edital e à correta condução da sessão, o que tornou o certame mais atrativo e disputado, trazendo otimização para a gestão e efetividade nas entregas”.

O leilão de veículos dá sequência ao processo de modernização e redução de custos da máquina pública em curso no governo estadual, já que a alienação de bens inservíveis à administração é medida eficiente de gestão e reduz os custos do governo estadual.

Texto: Anelise Rublescki/Ascom SPGG
Edição: Secom

> Receba todas as notícias do Portal Acontece no RS no seu WhatsApp. Clique aqui.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.