Terça, 07 de Dezembro de 2021
Assistência Social Rio Grande do Sul

Governo do Estado entrega cerca de 2 mil cestas básicas para famílias e pessoas LGBT

O governo do Estado, por meio da Secretaria da Igualdade, Cidadania, Direitos Humanos e Assistência Social (SICDHAS), em parceria com o Fundo para Reconstituição de Bens Lesados (FRBL), segue com a entrega de cerca de 2 mil cestas básicas.

31/08/2021 às 21h25
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Secom Rio Grande do Sul
Compartilhe:
-
-

O governo do Estado, por meio da Secretaria da Igualdade, Cidadania, Direitos Humanos e Assistência Social (SICDHAS), em parceria com o Fundo para Reconstituição de Bens Lesados (FRBL), segue com a entrega de cerca de 2 mil cestas básicas destinadas a famílias e pessoas LGBT no Rio Grande do Sul. Nesta quarta-feira (1º/9), às 14h, travestis e transexuais em situação de vulnerabilidade social receberão 345 cestas – de um total de 50 toneladas de alimentos. A ação Segurança Alimentar: Um Direito de Cidadania em Tempos de Pandemia, ocorre na Associação Cultural Vila Flores, em Porto Alegre.

Participarão da entrega a secretária da Igualdade, Cidadania, Direitos Humanos e Assistência Social, Regina Becker, o coordenador de diversidade sexual da SICDHAS, Dani Morethson, e representantes das ONGs Igualdade RS (Porto Alegre), Marcele Malta, Desobedeça (Tapes), Roberto Seitenfus e Girassol (São Borja), Maria Luiza Gauchinha.

“Mais de 20 mil pessoas estão em situação de extrema pobreza em nosso Estado, o que coloca a necessidade de criar estratégias de intervenção que atendam as demandas mais básicas, como a alimentação. A secretaria permite que os alimentos cheguem à população LGBT que, além do desemprego agravado pela pandemia, sofre com a exclusão e o preconceito”, afirma a secretária Regina.

A ação é oriunda de repasse de R$ 1,5 milhão via proposta emergencial de convênio nº 858/2021/FRBL, possibilitando a aquisição de 10.255 cestas básicas a serem destinadas a entidades que atendem famílias em situação de vulnerabilidade em todo o Estado, entre as quais, a população LGBT. Desde o início, famílias e pessoas LGBT já receberam 426 cestas nos municípios de Bagé, Cruz Alta, Rio Grande e Porto Alegre.

Texto: Ascom SICDHAS
Edição: Secom

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.