Quinta, 29 de Julho de 2021 10:22
51 98419-1295
Polícia Ipê / RS

Presos os dois executores do homicídio da Porteirinha, em Ipê

Com apoio da Delegacia de Flores da Cunha, os policiais chegaram à residência dos suspeitos. Houve apreensão de drogas mas um dos suspeitos fugiu na aproximação da viatura.

01/05/2020 13h41
565
Por: Redação Acontece no RS
Presos os dois executores do homicídio da Porteirinha, em Ipê

No dia 25 de fevereiro deste ano, por volta meio-dia, Feriado de Carnaval, Fernando da Silva Borges foi emboscado na Estrada do Ituim, Porteirinha, e morto com cerca de quinze disparos de pistola e tiros de calibre 12.

Local foi atendido pela Brigada Militar, Polícia Civil de Ipê e Policiais Civis da Equipe Volante de Vacaria. Desde o fato, foram realizadas exaustivas investigações pela Polícia Civil

Com apoio da Delegacia de Flores da Cunha, os policiais chegaram à residência dos suspeitos. Houve apreensão de drogas mas um dos suspeitos fugiu na aproximação da viatura. Na ocasião, a Polícia Civil localizou e apreendeu a Camioneta S10 branca utilizada na emboscada, munição e drogas. Outras diligências foram realizadas, com tentativas de captura, sem sucesso.

Nesta quinta-feira, 30, a Brigada Militar de Flores da Cunha prendeu o indivíduo procurado em flagrante por tráfico de drogas, apreendendo cocaína, crack e uma arma de fogo. Segundo as investigações, o motivo da homicídio, era a disputa por um ponto de tráfico e desavenças entre os dois principais envolvidos.

O indivíduo morto também era procurado pela Justiça, e estava no Oeste catarinense, retornando à Região na semana pré-Carnaval. Possuía diversos antecedentes policiais, incluindo Furto Abigeato na Região (Muitos Capões).

Diante das provas produzidas no Inquérito Policial realizado pela Delegacia de Polícia de Ipê, com apoio da Seção de Investigações da DP Vacaria e DP Flores da Cunha, a autoridade policial representou pela prisão dos suspeitos, a qual foi decretara pelo Juiz da vara Judicial de Antônio Prado.

Agora, a Polícia vai encerrar o Inquérito, devendo juntar os laudos das perícias solicitadas, e ainda investigando um terceiro indivíduo que deu as informações aos executores e que pode vir a ser indiciado como partícipe.

Quer fazer parte do grupo do Portal Acontece no RS no WhatsApp? CLIQUE AQUI para entrar no grupo!

Curta também nossa página no Facebook, assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de todo o Rio Grande do Sul.

Acontece no RS no Facebook: https://www.facebook.com/acontecenors

 

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.