Quinta, 05 de Agosto de 2021 15:36
51 98419-1295
Polícia Barra do Quaraí / RS

PF investiga casal de Barra do Quaraí que movimentou R$ 200 milhões em cinco anos

Suspeita é de que montante tenha origem em empresas "fantasmas".

21/07/2021 15h37
336
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Rádio Guíba
Agentes cumpriram quatro mandados de busca e apreensão no município. Foto: Polícia Federal/Divulgação
Agentes cumpriram quatro mandados de busca e apreensão no município. Foto: Polícia Federal/Divulgação

Os agentes da Polícia Federal lotados na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul cumpriram quatro mandados de busca e apreensão, na manhã desta quarta-feira (21), em operação de combate a crimes financeiros. Um casal, residente da cidade de Barra do Quaraí é suspeito de movimentar recursos oriundos de empresas “fantasmas”.

Segundo informações obtidas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF), mais de R$ 200 milhões teriam passado pelas contas bancárias dos investigados entre os anos de 2015 e 2020. Parte do valor não foi declarado à Receita Federal, tendo sido transferida por CNPJs do Sudeste do Brasil.

Outros dois moradores do município, que tem pouco mais de 4 mil habitantes, são suspeitos do crime de câmbio ilegal. Os homens teriam recebido transferências de empresas do ramo de transporte internacional, instaladas em diversas cidades brasileiras, para depois converter o montante em moeda estrangeira.

O dinheiro, em situação irregular, era repassado aos motoristas destas companhias – que, desta forma, conseguiam custear as despesas de viagens na Argentina e no Chile. Só em 2015, mais de R$ 5 milhões teriam sido movimentados pelos investigados – que não declaravam os valores à Receita Federal.

Implicações

Os casos são investigados, em inquéritos diferentes, pela Delegacia de Polícia Federal de Uruguaiana. Se comprovada a hipótese dos agentes, os envolvidos podem ser responsabilizados por crimes contra a ordem tributária, contra o sistema financeiro nacional e lavagem de dinheiro.

> Receba todas as notícias do Portal Acontece no RS no seu WhatsApp. Clique aqui.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.