Decisão judicial

Estado transfere 116 presos retidos em delegacias e cumpre decisão judicial

Dois prédios, um junto ao Instituto Psiquiátrico Forense, no bairro Partenon, em Porto Alegre, e outro em Montenegro, no Vale do Caí, receberam o grupo. Susepe fale em "tempo recorde"

25/03/2020 09h59
Por: Redação Acontece no RS
Fonte: Rádio Guaíba
197
Foto: Divulgação/Susepe
Foto: Divulgação/Susepe

A Secretaria da Administração Penitenciária do Rio Grande do Sul concluiu, no fim da tarde dessa terça-feira, a remoção, para o sistema penitenciário, de 116 presos que permaneciam retidos, de forma provisória, em delegacias de Polícia.

Com a medida, a Pasta cumpriu a decisão do presidente do Tribunal de Justiça gaúcho, Voltaire de Lima Moraes, que, no sábado, determinou o esvaziamento das DPs em até 72 horas, a pedido da Ugeirm, sindicato que representa parte dos agentes da Polícia Civil.

Na sexta passada, o desembargador condicionou as transferências à realização prévia de testes de Covid-19 nos detentos provisórios mas, um dia depois, reviu a decisão, fixando o prazo.

Os agentes penitenciários trabalharam, em regime de esforço concentrado, para transferir os detentos – a maioria deles em delegacias de Novo Hamburgo e São Leopoldo, no Vale do Sinos.

De acordo com a Superintendência dos Serviços Penitenciários do Rio Grande do Sul, as remoções só foram possíveis porque servidores do órgão iniciaram, no sábado, a reforma de dois prédios, um junto ao Instituto Psiquiátrico Forense, no bairro Partenon, em Porto Alegre, e outro em Montenegro, no Vale do Caí.

“Com os locais preparados, restou organizar e realizar o trabalho de transferência, em parceria com a Polícia Civil”, divulgou a Susepe, em nota, na noite dessa terça.

O secretário da Administração Penitenciária. Cesar Facciolli, elogiou a diligência dos servidores na busca por uma solução de emergência: “Foi mais uma demonstração de profissionalismo e dedicação dada pelo nosso efetivo, nessa crise sem precedentes”, afirmou.

Já o superintendente da Susepe, Cesar da Veiga, destacou o engajamento da força penitenciária em “zerar os presos em delegacias, em plena crise do coronavírus, em um tempo recorde”.

Quer fazer parte do grupo do Portal Acontece no RS no WhatsApp? CLIQUE AQUI para entrar no grupo!

Curta também nossa página no Facebook, assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de todo o Rio Grande do Sul.

Acontece no RS no Facebook: https://www.facebook.com/acontecenors

 

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.