POLÍCIA

Mais de 60 detentos seguem nas delegacias do Rio Grande do Sul

No sábado, o desembargador Voltaire de Lima Moraes determinou que o governo gaúcho retirasse, em 72 horas, os detentos das delegacias.

24/03/2020 11h42
Por: Redação Acontece no RS
Fonte: Rádio Guaíba
152
Foto: Ugeirm Sindicato / CP
Foto: Ugeirm Sindicato / CP

Ao menos 61 presos seguem nas Delegacias de Polícia do Rio Grande do Sul após decisão judicial determinar a retirada dos detentos dos locais em razão da pandemia do novo Coronavírus. O levantamento foi feito pela Ugeirm Sindicato, que representa os agentes da Polícia Civil.

O local que conta com mais detentos, na manhã desta terça-feira, é a Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA) de Canoas, com 24. O sindicato não conseguiu contato com a 2ª e 3ª DPPAs e com as Delegacias de Torres e Gravataí.

Em São Leopoldo, a DPPA está com 8 presos. Conforme relato, um deles está com sintomas de Coronavírus, outro é asmático, dois são soropositivos e um é tuberculoso. Em Viamão, dos sete que estão na DPPA, um tem diabetes e está com pressão alta há 21 dias.

No sábado, o desembargador Voltaire de Lima Moraes determinou que o governo gaúcho retirasse, em 72 horas, os detentos das delegacias. Na decisão, ele diz que a pandemia de Coronavírus é mais um motivo para evitar a presença ilegal de presos nas delegacias de polícia. Ele salienta, ainda, que permitir aglomeração de pessoas, sem condições de sanidade, é um ato destrutivo diante das medidas que prefeitos, governadores e líderes mundiais estão tomando.

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) ainda não recorreu da decisão. Conforme a PGE, há um entendimento equivocado da decisão. A Procuradoria compreende que o prazo concedido seja relacionado aos presos que estão ”além do tempo necessário” nas delegacias, e não a remoção de todos.

Quer fazer parte do grupo do Portal Acontece no RS no WhatsApp? CLIQUE AQUI para entrar no grupo!

Curta também nossa página no Facebook, assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de todo o Rio Grande do Sul.

Acontece no RS no Facebook: https://www.facebook.com/acontecenors

 

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.