Sábado, 24 de Julho de 2021 23:13
51 98419-1295
Polícia Guaporé / RS

Após cometer assassinato, dupla é presa pela Brigada Militar de Guaporé

Após o recebimento de voz de prisão, os irmãos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil (DP) para o registro da ocorrência.

09/03/2020 14h01
929
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Rádio Aurora
Após cometer assassinato, dupla é presa pela Brigada Militar de Guaporé

Horas de fúria, com total descontrole emocional e racional, foram registradas pelos órgãos de segurança pública (Brigada Militar e Polícia Civil) com dois rapazes, de 27 e 30 anos, que praticaram uma série de ações delituosas, inclusive um homicídio, na noite do sábado, dia 7 de março, em Guaporé.

Moradores do bairro Nossa Senhora da Paz (Promorar), os irmãos, que não tiveram a identidade revelada, estavam em frente a um bar onde ocorria um torneio de sinuca em um estabelecimento comercial no bairro Vila Verde quando se desentenderam com um homem. Por volta das 18h30min, eles, no cruzamento das ruas das Araucárias e Pinheiro Machado - em via pública, esfaquearam e espancaram Cristiano de Oliveira Pratas, 38 anos, que, mesmo socorrido pelos populares e encaminhado para o Hospital Manoel Francisco Guerreiro, não resistiu aos ferimentos e morreu cerca de duas horas depois.

Acionados, policiais militares passaram a procurar a dupla que fugiu. Entre as horas de busca e recebimento de diversas ligações para a Central de Operações (Telefone 190), os irmãos, conforme informações e relatos de moradores, desfeririam golpes de faca até a morte de um animal (cadela) no Promorar e agrediram um casal no bairro Centro. Eles foram localizados na madrugada do domingo, dia 8 de março, pela guarnição na rua Agilberto Maia, bairro Planalto, fundos da Escola Estadual Dr. Félix Engel Filho. Não houve resistência. A faca utilizada nos delitos havia sido descartada, não sendo localizada.

Após o recebimento de voz de prisão, os irmãos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil (DP) para o registro da ocorrência. Posteriormente foram encaminhados para o Presídio Estadual de Guaporé onde ficam à disposição da Justiça.

Quer fazer parte do grupo do Portal Acontece no RS no WhatsApp? CLIQUE AQUI para entrar no grupo!

Curta também nossa página no Facebook, assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de todo o Rio Grande do Sul.

Acontece no RS no Facebook: https://www.facebook.com/acontecenors

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.