Segunda, 14 de Junho de 2021 03:51
51 98419-1295
Polícia Polícia

Quadrilha especializada em tráfico de drogas é alvo do MP no RS e outros três estados

Criminosos são alvo de 48 mandados de prisão e 116 de busca e apreensão nesta quinta-feira.

06/05/2021 09h15
307
Por: Redação Acontece no RS Fonte: Rádio Guíba
Autoridades bloquearam mais de R$ 1,6 milhão em bens dos criminosos. Foto: Polícia Civil de Santa Catarina/Divulgação
Autoridades bloquearam mais de R$ 1,6 milhão em bens dos criminosos. Foto: Polícia Civil de Santa Catarina/Divulgação

Uma organização criminosa apontada como responsável pelo tráfico de drogas entre o Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul é alvo de operação do Ministério Público nesta quinta-feira (6). A força-tarefa, que recebeu o nome de “Conexão Alvorada”, conta com o apoio de agentes da Polícia Civil e da Polícia Militar dos quatro estados para o cumprimento de ordens judiciais.

Foram expedidos 48 mandados de prisão temporária e 116 de busca e apreensão. Além disso, as autoridades bloquearam cerca de R$ 1,6 milhão em bens dos criminosos como resultado da investigação. Em território gaúcho, há desdobramentos nas cidades de Porto Alegre, Alvorada, Canoas, Capela de Santana, Charqueadas, Erechim, Gravataí, Novo Hamburgo e Viamão.

A quadrilha está sendo monitorada desde 2019. A suspeita é de que motoristas responsáveis pelo transporte de cargas também estivessem realizando, às escondidas, o traslado de grandes quantidades de entorpecentes. A droga deixava a região de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, e tinha como destinos o litoral de Santa Catarina e, principalmente, a Região Metropolitana de Porto Alegre.

Ouro Negro

Uma segunda operação, batizada de “Ouro Negro”, também foi deflagrada nesta quinta e visa combater o crime de descaminho – caracterizado, no caso, pela importação irregular de pneus com origem estrangeira. Os equipamentos, adquiridos no Paraguai, costumavam ser vendidos em todo o território gaúcho e, também, no extremo oeste de Santa Catarina.

Nesta força-tarefa, o MP determinou a execução de 20 mandados de busca e apreensão. Os agentes percorrem as ruas de cinco cidades catarinenses (São Miguel do Oeste, Descanso, Xaxim, Xanxerê e Tunápolis), duas gaúchas (Iraí e Bom Jesus) e uma paranaense (Capanema).

> Receba todas as notícias do Portal Acontece no RS no seu WhatsApp. Clique aqui.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.